Bella Andre – Os Sullivans #2: Por um momento apenas

Por um momento apenas

Por um momento apenas
Série Os Sullivan, livro 2
Bella Andre
Editora Novo Conceito, 2012
272 páginas

Submarino Saraiva

Durante 36 anos, Marcus Sullivan fora o irmão mais velho, ajudando a cuidar de seus sete irmãos após a morte do pai, quando ainda eram crianças. No entanto, quando o futuro perfeito que ele planejara para si próprio transformou-se em nada além de uma mentira, Marcus precisa de uma noite de loucura para se esquecer de tudo.

Nicole Harding é conhecida no mundo todo por apenas um nome — Nick —, graças à sua música pop contagiante. No entanto, o que ninguém sabe sobre essa cantora de 25 anos é que sua imagem de símbolo sexual é totalmente falsa. Depois de ter sido terrivelmente traída por um homem que amava a fama mais do que a ela, jurou nunca mais deixar ninguém se aproximar a ponto de descobrir quem ela realmente é… ou de magoá-la novamente. Principalmente aquele homem maravilhoso que Nicole conhecera em uma boate, ainda que o desejo — e as promessas transgressoras — em seus olhos negros a fizessem querer revelar todos os seus segredos.

Uma noite é tudo o que Nicole e Marcus concordam em compartilhar um com o outro. Contudo, nada acontece como planejado quando, em vez de uma simples relação carnal, descobrem-se ligados de uma forma pela qual nenhum dos dois esperava. E, embora tentassem lutar contra isso, os sentimentos incontidos — e a atração profunda — os aproximava cada vez mais.

Por um momento apenas é o segundo livro da série Os Sullivan, escrita por Bella Andre e publicada no Brasil pela Editora Novo Conceito. Composta de oito livros, cada história nos nos traz um dos oito irmãos e irmãs Sullivan, com enredos sensuais, indicado para maiores de idade. Nesta segunda aventura, conhecemos a história do mais velho dos irmãos, Marcus, que desde cedo pegou para si a responsabilidade de cuidar de todos os sete irmãos após a morte do pai.

Por um momento apenas

Em uma noite, ao entrar na boate, ele queria apenas um bom sexo com uma mulher, nada mais. Ele nem mesmo precisaria saber o nome dela, pois tudo o que desejava era esquecer uma das maiores decepções de sua vida. Mas a atitude de Marcus sai pela culatra quando vê Nicole entrando, naquele vestido de couro que acompanha todas as curvas de seu pequeno corpo.

Nicole, uma pop star que está no auge do sucesso, sentia-se sozinha em seu enorme apartamento enquanto observava São Francisco cheia de vida abaixo dela. A sua reputação não era das melhores, depois que se envolveu com um homem e cometeu o erro de confiar nele, além de sua postura no palco, que era provocativa e sexy. Mas essa era Nick, a moça linda dos palcos. Nicole é bem diferente. Agora e por enquanto, ela só queria se divertir com um homem qualquer.

Ao se aproximarem, Marcus fica surpreso pela beleza estonteante da mulher à sua frente, ao passo que Nicole mal crê em sua sorte ao perceber que este homem maravilhoso não faz ideia de quem ela é. Só que a noite acaba se revelando muito diferente do que ambos imaginaram, e as coisas fogem ao controle quando percebem que o que era para ser “um momento apenas” começa a ganhar outras dimensões.

Por um momento apenas

Se eu achei que Um Olhar de Amor foi bastante ousado em descrições e cenas de sexo, esse segundo livro supera e muito. Não tanto as cenas, mas o que mais me chamou a atenção – e até chateou – foram os vários palavrões ou palavras chulas usadas no contexto. É claro que a história requeria algumas palavras “não tão bonitinhas”, mas achei que a autora poderia ter maneirado em algumas expressões, pois a narrativa tornou-se um tanto pesada.

A história de Marcus e Nicole é bonita, e a forma como eles se envolvem romanticamente também. Ao contrário do primeiro livro, em que achei aquela loucura toda de sexo adoidado nos quatro primeiros dias um absurdo, nesse caso está aceitável, pois era isso o que os protagonistas procuravam. O que me incomodou nessa história foi a tal da pop star. Não consegui engolir algumas atitudes dela e toda essa história de mídia no geral. Simplesmente não digeri muito bem a moça, mas a história é bem construída.

O que acho mais legal nos livros da Bella Andre é a introdução que ela dá para o próximo livro e para quem será o irmão da vez. Portanto, acho bacana ler todos, em ordem, para acompanhar o andamento de uma grande história durante a linha do tempo. Se os livros fazem o seu estilo, comece com o primeiro livro. Você não vai querer parar. Por mais defeitos que a narrativa possa ter, é impossível não se apaixonar por essa família.

POSTS RELACIONADOS

4 comentários

  1. Responder

    Marla

    10/04/2015

    Oi Gabi, tudo bem?
    Tem quase dois anos que li esse livro, e apesar de ter gostado do casal e da trama, achei que o relacionamento entre Nicole e Marcus aconteceu de forma rápida. Mas não posso discordar de você e impossível não se apaixonar pela família, então tenho vontade sim de terminar de ler a série.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    • Responder

      Gabi Orlandin

      14/04/2015

      Oi Marla! Tudo bem!
      Na verdade eu já terminei a série, só estou postando as resenhas agora. E me apaixonei por todos, especialmente o último, que conta a história da Lori. Espero que você continue e goste da série 🙂
      Beijos.

  2. Responder

    Babi Lorentz

    11/04/2015

    Ei, Gabi!
    Eu lembro que gostei mais deste do que do primeiro livro, mas o próximo, sobre o Gabe, com certeza vai te conquistar mais. De qualquer forma, eu não quis continuar com a leitura da série e dei todos os meus livros para uma amiga que tem acompanhado e amado todas as histórias dessa família.
    Melhor passar pra alguém que gostou do que deixar aqui pegando poeira, não e mesmo?
    Além disso, abri espaço na estante.
    Não lembro muito do fato de haver palavrões, mas com certeza a autora poderia ter usado de outra forma. Talvez a tradução não tenha ajudado também, né? Tem sempre esse lado no qual não confio 100% se então tiver lido a versão original pra poder comparar.
    Beijos!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      13/04/2015

      Oi, Babi!
      Eu já li todos os oito livros, só estou começando a postar as resenhas agora. O livro do Gabe é MUITO melhor que esse, haha! Não só por ele, mas porque a Summer também me conquistou. <3 E sobre dar livros, também estou nessa "vibe" com os sorteios aqui no blog. Não adianta deixar pegando pó na estante mesmo, melhor passar.
      E eu ia mesmo comentar sobre essa coisa de ser a autora ou a tradutora, mas acho que nesse caso é a autora, na minha opinião. Mas como você disse, teria que ter a versão original mesmo.
      Beijão.

ESCREVA UM COMENTÁRIO