Cecelia Ahern – Simplesmente acontece

resenha do livro Simplesmente acontece

Simplesmente acontece
Cecelia Ahern
Editora Novo Conceito, 2014
448 páginas

Submarino Saraiva

O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para a outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

A capa de Simplesmente Acontece não me chamava a atenção, e eu não tinha muita pressa para lê-lo. Porém, como ouvi dizer que temos a adaptação dessa história para o cinema em cartaz, resolvi adiantar a leitura. Sabe aquele livro que você começa a ler sem esperar muita coisa? Foi assim com esse romance, e eu não tinha nem lido a sinopse! Tive uma agradável surpresa quando percebi que toda a história se passava por meio de cartas, e-mails, SMS e mensagens. Mesmo assim, ainda estava com o pé atrás, pois os livros da Cecelia Ahern são bem instáveis pra mim: uns eu amo, outros ficam na corda bamba. Felizmente, Simplesmente acontece ficou na primeira categoria.

resenha do livro Simplesmente acontece

Este livro, lançado em outubro de 2014 pela editora Novo Conceito, conta a história de dois amigos de infância, Rosie e Alex, que levavam castigos a todo o momento na escola por se passarem bilhetinhos – e outras travessuras também. A amizade deles começou com (mais ou menos) 7 anos, e durante todo o livro acompanhamos o crescimento desse relacionamento e as mudanças drásticas que a vida colocou em seus caminhos, separando seus destinos. Por várias décadas, Rosie e Alex se correspondem via mensagens de vários tipos, e os leitores conseguem acompanhar e entender toda a história através dessa conversação. Da mesma forma acontece com amigos, irmãos e personagens secundários. É uma infinita troca de mensagens de vários tipos, e o mais incrível é que o leitor não se perde em nenhum momento.

É incrível que Cecelia tenha escrito uma história inovadora que dá certo e prende tanto o leitor. Particularmente, nunca levaria fé num enredo que envolvesse apenas conversação, e esse livro me provou que eu estava errada; tanto deu certo como eu não conseguia parar de ler. Durante anos a troca de mensagens entre Rosie e Alex se mantém, e acompanhamos enquanto a vida de cada um “simplesmente acontece”, e cada vez para mais longe um do outro. Sabe quando dizem que o amor é cego? No caso desses personagens, ele é cego, surdo, mudo e burro. |D Porém, não tive como odiar esses dois; é impossível – e tem motivos pra isso, acreditem! – porque o leitor entra em seus cotidianos, vive o que eles estão vivendo e entende o por quê de eles agirem da forma como agem. Mas ah! dá uma vontade louca de entrar na história e abrir os olhos desses teimosos.

resenha do livro Simplesmente acontece

Essa leitura me fez pensar em como perdemos tempo na vida, em como não falamos o que gostaríamos de falar. O tempo passa – ou melhor, voa! – e quando percebemos, foram-se décadas sem que a gente encontre a oportunidade perfeita para fazer ou falar o que sempre sentimos. Dá um aperto no coração de ver quanto tempo esses dois personagens perderam em suas vidas, enganando-se e escondendo o que sentiam. Todos enxergam o que há entre os dois, menos… os dois! Não disse que o amor é cego?

Simplesmente Acontece foi uma história positiva e que me surpreendeu muito. Se você quer saber como acontece os altos e baixos dessa trama, como são os anos de vida dos dois personagens e experimentar uma leitura dinâmica e super gostosa de ler, não deixe de lado essa dica. Simplesmente leia esse livro.

Não consigo parar de fazer piadinhas com o nome, HAHA. Parei.

Agora estou louca pra saber como ficou essa adaptação para o cinema. Alguém já viu?

POSTS RELACIONADOS

35 comentários

  1. Responder

    Camila

    19/03/2015

    Eu também não leria pela capa! Amei ler sua resenha sobre ele Gabi, mesmo que eu vá primeiro ver o filme rsrs

    http://www.chaeamor.com

  2. Responder

    Bárbara Carollo

    19/03/2015

    Oi Gabi,
    Eu simplesmente amei esse livro (rs)! Foi minha primeira leitura desse ano e também meu primeiro contato com a autora. Adorei acompanhar os encontros e desencontros, mas apesar de ter vontade de entrar no livro para dar uma “mãozinha” ao casal, gostei muito da narrativa criada pela Cecelia!! Pude perceber como uma simples atitude e decisão pode mudar nossas vidas completamente. Agora estou mega ansiosa por assistir ao filme!! 🙂
    Beijos

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      Ai, como eu também queria dar uma mãozinha a esses dois desencontrados! Ou duas mãos… porque QUE DIFICULDADE! haha! Também quero muito ver o filme, mas ainda não consegui.
      Beijos.

  3. Responder

    Jhéssyk Thielly

    19/03/2015

    Oi Gabi, amei a resenha e eu ainda não li o livro, mas já assisti a adaptação no cinema e me encantei com a história de Rosie e Alex, é incrivel como o tempo passa tão rápido atravez da telinha, e é realmente impossivel odiar esse dois kk. Aaa esse filme me lembrou muito “Um dia” estrelado por Anne Hathaway e Jim Sturgess só pelo fato de serem super amigos e babacas a ponto de deixarem o tempo passar e não se estregarem logo a essa paixão.
    beijos =)

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      Oi Jhéssik! Agora que você falou, essa história também me lembra a de “Um dia” mesmo. Eu quero muito ver a adaptação de Simplesmente acontece!
      Beijos.

  4. Responder

    Amanda Soares

    19/03/2015

    Involuntariamente me lembrou o filme/livro “Um dia” (que eu gostei muito, aliás.). Não li o livro (na verdade, nem tinha ouvido falar dele… hm.), mas vi o trailer do filme, e achei super bonitinho, e me deu vontade de assistir. Já com o livro, me surpreendeu o número de páginas! Geralmente eles não são tão longos assim (livros de romance, em geral).

    Enfim. Gostei de como os autores estão trabalhando essa coisa de SMS, e-mail (Rainbow mandou um beijo! <3), se eu conseguir o livro, vou lê-lo!

    Beijo. [heart]

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      É verdade, Amanda, também me lembrei de “Um dia” agora há pouco, com o comentário de outra leitora. O número de páginas também me surpreendeu, acredite! Foi um pouco por esse motivo que eu demorei a lê-lo.
      Beijos.

  5. Responder

    Diego França

    19/03/2015

    [love] Olá! Tudo bom?
    Confesso que quando o livro foi lançado achei a capa tão amadora que nem a sinopse do livro me convenceu. Preconceito? Talvrz, rs.! Então, num belo dia, fui assistir a um filme no cinema e vi o trailler do filme que seria lançado. Pronto! Sai de lá e fui direto na livraria comprar o livro. Não achei mais. Entendi que estava sendo sucesso. Meses depois o livro relançado com a capa do filme – eu acho linda – e eu pude, enfim, comprá-lo. Gostei tanto que li em dois dias. Acho incrível como a autora consegue escrever uma história assim com cartas e email e não se perde em momento algum. Alex e Rosie são apaixonantes e eu adorei ler o livro. Já o filme não me surpreendeu tanto, rmbora tenha achado fofo e teha chorado -a lém de rir muito. Mas a adaptação não soube guiar os clichês da história como a Ahern fez no livro. Espero que assista, é bom oara complementar a leitura.

    Bjão.
    Diego França. Blog Vida & Letras
    http://www.blogvidaeletras.blogspot.com

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      Também achei a capa amadora Diego. Sou designer, então me sinto no direito de comentar, HAHAHA! (brincadeira!)
      A capa do filme é linda, e quando vi, desejei que a editora tivesse enviado aquele exemplar. [cry] Vou assistir o filme sim, mas é como você disse: ele é fofo, bonitinho e tudo o mais, mas nunca se iguala ao livro! Vou assistir com os pés no chão, como dizem. Hehe!
      Beijos.

  6. Responder

    Luma

    19/03/2015

    [mad] Oie, achei lindo o seu blog, já tinha passado outras vezes, mas foi rápido, hoje eu olhei de tudo! Amei, lindo, aqui é tudo muito confortável. Comecei com blog essa semana, mas estou preferindo ficar aqui no seu. rsrs
    Beijos.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      Oi Luma!
      Desculpa pela demora em te responder o comentário. Ah, que fofa! *-* Obrigada pelo carinho, sua linda <3
      Vou dar um pulinho no seu blog agora.
      Beijos!

  7. Responder

    Isa

    19/03/2015

    Awn eu já assisti o filme e achei muito amor! Agora preciso ler o livro porque fiquei super interessada. A capa realmente não chama atenção =/

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      A capa do filme é super mais bonita, Isa. Pena que essa capa branca fez a maioria das pessoas não ter interesse…

  8. Responder

    Rafa Ribeiro

    19/03/2015

    Ahhhh eu quero muito ler esse livro ♥♥♥

  9. Responder

    Jaqueline

    19/03/2015

    eu já assisti o filme é até contei lá no blog o que eu achei dele. Eu ameeeei demais a história e fiquei muito curiosa pra ler o livro, que parece ser tão bom quanto. Adorei sua resenha, como sempre quis correr pra comprar.

    Beijos, linda!

  10. Responder

    Danielle S.

    20/03/2015

    Depois que assisti o filme, fiquei morrendo de curiosidade de ler o livro. Cheguei a ficar com ele na mão na livraria, mas tenho tanta coisa pra ler (e tão pouco tempo) que acabei deixando pra depois… Adoro livros escritos assim, em bilhetinhos e mensagens. Lembro da primeira vez que li “O Garoto da Casa ao Lado” da Meg Cabot, escrito todo na forma de e-mails… Achei aquilo tão inovador e legal!!
    Confesso que antes de assistir ao filme estava com um pé atrás, porque eu chorei rios com o filme de PS: Eu te Amo e tinha rotulado essa autora com o selo “Nicholas Sparks de escola de histórias tristes” (que, mesmo assim, eu continuo lendo hahah)
    Foi uma grata surpresa saber que são romances, mas ninguém morre nem nada do tipo hahaha fez eu me interessar em procurar outros livros dela também! =) Tudo que eu preciso agora é tempo!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      Eu me identifico com você nessa equação muitos livros x pouco tempo. Eu li outros livros da Cecelia, e nenhum deles foi tão triste quanto PS Eu te amo. Simplesmente acontece é até divertido! 🙂
      Beijos.

  11. Responder

    Poly

    20/03/2015

    Eu também amei esse livro! Um dos melhores da Cecelia. Foi dos primeiros que eu quis ler, justamente por ser da Cecelia, uma das minhas autoras preferidas ^_^
    (mas a capa é meio “bleh” mesmo)
    Eu só fiquei meio assim como filme. Já vi pelo trailer que será diferente e estou com medo de assistir e me decepcionar, já que eu quase sempre me decepciono como filme quando gosto muito do livro 🙁
    Bjuxxxxxx
    PS: é impossível não fazer piadinhas com “Simplesmente” depois de ler esse livro 😡

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      Ninguém gostou muito dessa capa, pelo jeito. O que é uma pena, pois é uma super autora e não chama a atenção na livraria. A capa do filme é que está linda!
      Também ouvi dizer que o filme não tem muito a ver com o livro. Acho que temos que pensar que um não tem nada a ver com o outro, aí quem sabe a gente não se decepcione tanto… hehe.
      Beijos.

  12. Responder

    Amanda Siqueira

    20/03/2015

    Olá Gabi !!
    Eu já li esse livro e amei também ! Aliás, entrou para a minha lista de melhores livros !
    Bom, eu já vi o filme sim e é apaixonante assim como o livro, só que como de costume o filme não é igual ao livro, faltou algumas partes … (hihi sem spoiler Amanda! ) mas enfim, uma história emocionante e maravilhosa, chorei muito com o final do filme e outras coisinhas! Vale a pena assistir, super recomendo!
    Beijinhos,

    Amanda Siqueira

    Ps: Estou apaixonada pelo o Alex, rsrs <3

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      Oi Amanda!
      Eu ouvi dizer que o filme não tem muito a ver com o livro em diversas partes, mas acho que isso é normal, já que eles têm que adaptar essa história pra outro tipo de roteiro… Ainda não vi o filme, mas quero ver em breve!
      Beijos.

  13. Responder

    Fernanda Luz

    21/03/2015

    Acho a capa desse livro fofa demais mas não conhecia muito a respeito, confesso que adorei a resenha e que gostaria de ler ele.

  14. Responder

    Beatriz Cavalcante

    22/03/2015

    Simplesmente quero ler esse livro, hahaha. Eu achei super interessante a história e adorei a coisa de ser com cartinhas, emails e bilhetinhos. Amo quando o livro é assim e acho que a leitura flui bem mais rápido. <3

    Quero muito ver o filme por motivos de: finnick (não sei o nome do ator) mas ainda tenho que ver se está no cinema não quero esperar até sair o dvd, haha. 😛

    Beijos!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      A leitura flui muito rápido mesmo, Bia. E o ator é lindooo! hahahah!
      Ainda não vi o filme, então: vou ter que esperar o DVD [cry]
      Beijo!

  15. Responder

    Nicolle Ignacio

    23/03/2015

    Esse livro é maravilhoso :~~

    Li há muuuuito tempo uma tradução amadora e, aaaai, que história linda. Chorei baldes enquanto lia porque, cara, é tudo tão real que impressiona. São duas pessoas que se conheceram na infância, desenvolveram um sentimento muito forte um pelo outro e mesmo com a distância, permaneceram presentes na vida um do outro da maneira como puderam. Isso sem falar os problemas particulares pelos quais cada um passou. A parte em que uma filha chora porque viu a mãe chorando me deu um negócio tão grande que não sei nem explicar.

    É um livro pra lá de lindo, sem mais.

    • Responder

      Gabi Orlandin

      04/04/2015

      Exatamente, Nicolle! É uma história que pode acontecer com qualquer um! E isso é o que eu mais amo nos livros. Esse entrou para os meus favoritos.
      Beijos.

  16. Responder

    Fernanda N

    26/03/2015

    oi gabi, tudo bom?
    eu ameeeeeeeiiiiiiiii o filme… quando descobri que era uma adaptação do livro da cecilia, só fiquei mais interessada ainda. assisti o filme e, imediatamente, ele já se tornou um de meus favoritos. a história é linda e o casal tem muita química em tela, o que te deixa com frio na barriga o filme inteiro, por eles não ficarem juntos nunca… mas pelo o que você contou do livro, acho que eles fizeram algumas modificações… de qualquer forma, estou louca para ler o livro também. nunca li nenhum livro dela (tenho dois comprados, mas ainda não consegui encaixar nas minhas leituras), mas acredito que este se tornará um favorito também… vamos ver! 🙂
    beijo, beijo
    ps.: alguém me explica como uma pessoa que nem é tão bonita simplesmente conseguir tirar o seu fòlego? esse ator que interpreta o alex é simplesmente DIVINO! meodeus… jesus, me abana! <3

    • Responder

      Gabi Orlandin

      26/03/2015

      Fer, tudo bem sim e contigo?
      Ahhhhh fiquei aqui me coçando pra ver logo esse filme! <333 Pelo que ouvi dizer, fizeram várias modificações pra adaptação sim.
      Procurei agora o ator no google. Não é um Ian Somerhalder pra mim, mas UAU UAU!

  17. Responder

    Emili

    26/03/2015

    Me senti da mesma forma. Amei o livro, não consegui parar de ler até o final e quando acabou fiquei querendo mais. Me senti frustada por eles..
    Tô doida p/ ver a adaptação do cinema!!!

  18. Responder

    manie

    13/05/2015

    cara, eu comprei esse livro com tanta ansiedade que acabei criando MUITA expectativa.
    não é um livro ruim, mas não supriu o que eu esperava.
    achei bem parado, repetitivo e eu só li até o final porque eu realmente queria saber o que ia acontecer, se eu ia me surpreender, etc, mas não foi o que aconteceu 🙁
    fiquei em crise literária depois desse livro, mas acabei me encontrando em outros depois!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      15/05/2015

      Que pena que não foi bom pra ti, Manie! 🙁 Admito que não é um livro cheio de aventuras, e que dá vontade de socar os personagens porque eles nunca se encontram nos momentos corretos, mas mesmo assim eu adorei a história e a narrativa diferente. Mas cada um tem um gosto, e que bom que você saiu da crise depois disso! 🙂

  19. Responder

    William

    23/05/2015

    O livro e muito bom! Gosto muito do geito que Ahern escreve, mas sera que alguém poderia me dizer o que aconteceu com os irmãos da Rosie que simplesmente desapareceram da história?
    Livcarios comentarios e resenhas e ninguém toca no assunto…fico pensando em reler o livro pra ver se eu deixei escapar ou se ninguém notou o sumiço deles na história.
    Abraço!!!

    • Responder

      Gabi Orlandin

      24/05/2015

      Oi, William!
      Eu não reparei sobre o sumiço deles na história, mas talvez seja porque cada uma seguiu ser rumo, e nada demais aconteceu, sabe? Tipo, é como se as histórias deles tivessem “fechado”. Muitas vezes nos livros eu não sei o final de alguns personagens, e, dependendo a forma como o autor faz isso, não acho estranho. É só que a vida daquele personagem continua como tem sido até hoje. Deu pra entender meu raciocínio? hehe 🙂
      Abraços!

  20. Responder

    Vivian

    29/05/2015

    Já li o livro e foi puro amor, não tem como não querer entrar nesse livro e querer da um “sacode” desses dois kkkkk
    Quando fui pro cinema toda feliz pra assistir o filme e ver como eles iriam adaptar e tal, mas o filme não estava nem na metade e eu já queria sair de lá, não gostei nada do que eles fizeram com a historia e misturaram personagens, nossa foi horrível, sei que não nunca é como o livro mas esse extrapolou. Se eu nunca tivesse lido o livro poderia até ter gostado kkkkk

    Beijos

    • Responder

      Gabi Orlandin

      01/06/2015

      Sério! Poxa, que pena. Mas que bom que você falou sobre isso, assim quando eu assistir o filme, já vou imaginando que não tem nada a ver com o livro. Não crio expectativas. Mas é tão bom quando a gente vê um filme que tem tudo a ver com a história original, né? <3 Pena que às vezes eles extrapolam.
      Beijos.

ESCREVA UM COMENTÁRIO