Gillian Flynn – Garota exemplar

resenha do livro garota exemplar

Garota Exemplar
Gillian Flynn
Editora Intrínseca, 2013
448 páginas

Em Garota exemplar, a narrativa não linear de Gillian Flynn se alterna entre duas perspectivas opostas e conflitantes, construindo uma atmosfera dúbia, capaz de fazer o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Com um humor perspicaz, o thriller expõe as consequências psicológicas da deterioração de um relacionamento íntimo. Se para muitos o problema está em acordar e perceber que não se conhece muito bem a pessoa com quem se divide a cama, Flynn alerta: o inferno pode ser conhecê-la bem demais.

Na manhã do quinto aniversário de casamento, Amy desaparece da nova casa, às margens do Rio Mississippi. Tudo indica se tratar de um sequestro, e Nick imediatamente chama a polícia, mas logo as suspeitas recaem sobre ele. Exibindo uma estranha calma e contando uma história bem diferente da relatada por Amy em seu diário, ele parece cada dia mais culpado, embora continue a alegar inocência. À medida que as revelações sobre o caso se desenrolam, porém, fica claro que a verdade não é o forte do casal.

Lembro-me bem que quando iniciei a leitura desse livro, tive uma agradável surpresa com a escrita fluida, agradável e, ao mesmo tempo, irreverente da autora. Não são todos os autores que conseguem me prender tanto em um livro – ainda mais nesse gênero, que não é meu favorito. Apesar de eu ter tido pouco tempo para ler nesse período, e por isso ter prolongado bastante a leitura de Garota Exemplar, lembro da sensação de inquietação que sentia toda vez que precisava deixar essa leitura de lado para tomar conta de outras coisas. É um livro viciante. De um modo quase doentio.

Já é possível ter uma boa ideia da história desse livro pela sinopse – muito bem feita pela editora, diga-se de passagem! – então irei ater-me mais aos menores detalhes nessa resenha, como os personagens. Tenho que admitir antes de tudo: nunca antes, em um livro, eu tinha sentido raiva dos dois personagens principais! Espero que eu me faça entender, mas não é uma raiva que queira fazer o leitor largar o livro, e sim uma raiva que o faz querer devorar as palavras, uma atrás da outra, capítulo após capítulo. Ao mesmo tempo, não é uma raiva totalmente fundamentada, uma vez que nossas opiniões divergem muito à medida que lemos, porque a autora nos confunde, nos faz entrar no redemoinho que são os pensamentos de Amy e Nick. E, quando começávamos a pensar que as ações de um personagem estavam erradas, quem está errado somos nós. Em uma palavra, é um livro inesperado.

Não está entendendo onde eu quero chegar? É confuso mesmo, mas a leitura desse livro é muito fácil; as questões relacionadas às personalidades é que são bem profundas e nos fazem pensar.

Amy e Nick são doentios, de uma forma quase medonha, e o leitor se vê como um psicólogo, tentando entender as loucuras do casal. Amy é controladora ao extremo, mas confunde muito o leitor, e nunca sabemos exatamente do que ela é capaz; Nick é um cara tranquilo, mas se vê em meio aos monstros internos – que ele nem sabia que existia – quando colocado diante de seu ódio mais profundo.

Amy e Nick são o retrato de personalidades fortes, que se confrontam, mas que ao mesmo tempo se completam. Garota Exemplar nos mostra como uma mente doentia arquiteta esquemas intrincados de justiça pessoal, em busca da perfeição, do reconhecimento e do amor de outras pessoas. Sobre como essas mentes são manipuladas frente aos seus maiores desejos e sobre como precisam ser treinadas para conviver com o que é inevitável, mesmo que isso seja uma forma estranha de se viver. É um livro que vai lhe fazer tomar diferentes lados, às vezes a favor de um, às vezes de outro, mas que, sem dúvida alguma, lhe fará refletir por um longo tempo sobre como as pessoas podem mudar de um momento para o outro, nos surpreendendo e se tornando algo que nunca sonhávamos conhecer.

Leitura mais do que recomendada!

POSTS RELACIONADOS

43 comentários

  1. Responder

    Tacila Porto

    13/03/2013

    Amei a resenha ^^ Só me fez ficar com muiita vontade de ler!
    Tem sido meio difícil encontrar livros que nos prendam.
    Vou logo, logo comprar *-*

    Beijinhos.
    Carinho das Palavras

  2. Responder

    Quequel

    13/03/2013

    Só falam bem desse livro !
    Será emsmo uma leitura diferente ?!
    Ótima resenha..
    Bjinss

  3. Responder

    Beatriz Cavalcante

    13/03/2013

    Tanta gente falando bem desse livro que já estou colocando ele na minha lista também. Eu não gostei da capa mas gostei muito da resenha. Também não é meu gênero favorito mas fiquei com vontade de ler.

  4. Responder

    Andressa

    13/03/2013

    Eu quero muuuuito ler esse livro, a cada resenha fico mais curiosa para ler. Amo livros desse gênero.

    Beijos 🙂

  5. Responder

    Juh Claro

    13/03/2013

    To com esse livro na wishlist desde a primeira resenha que li da prova do livro – e continuo querendo ler logo – mas não dá 🙁 enfim, obrigada por trazer mais uma resenha positiva haha
    Adoro isso de ter um ódio bom dos personagens, dá mais vontade ainda de devorar o livro, não?
    Assim que tiver oportunidade, lerei também.

    Beijos.

  6. Responder

    alice aguiar

    13/03/2013

    gostei da resenha
    estou com muita vontade de ler o livro, o título já me chama atenção logo de cara sabe gabi.
    espero gostar da leitura quando for ler ^^

  7. Responder

    Larissa Zorzo

    13/03/2013

    Oh, meu Deus! Eu nunca pensei que fosse me interessar por esse livro! Não gosto muito do gênero… que personagens são esses? Parecem ser exatamente o que ando procurando 🙂 Estou meio que farta dos personagens fraquinhos e frescurentos de livros YA. Fiquei muito, muito interessada e já estou indo pesquisar preços aqui na internet, rs.
    Ótima resenha.
    Beijo :*

  8. Responder

    Bel Vicentin

    13/03/2013

    Gabi, já estava com saudades das suas resenhas!
    Desde que vi esse livro no site da Intrínseca estou com muuita vontade de ler. Quase comprei na livraria, mas dinheiro me mandou lembranças xD Com sua resenha, fiquei com ainda mais vontade de ler, principalmente pelo jeito com o qual você falou sobre as personagens <3
    Beeijos

  9. Responder

    Raíssa Lins

    13/03/2013

    Oi, Gabi, tudo bom?
    Poxa, nos últimos dias eu vi bastante propaganda de Garota Exemplar e logo vi que se tratava de um suspense, mas não imaginei que seria um suspense psicológico TÃO impactante. Eu, particularmente, gosto de mistérios e livros que nos deixam assim, procurando uma resposta e, nesse quesito, o livro parece ser impecável, né? A única coisa que me deixou com um pé atrás foi a raiva que você sentiu dos dois principais… Geralmente preciso gostar dos personagens para gostar da história, mas como essa história parece ser bem confusa não sei nem se dá tempo de sentir raiva mesmo, né? hahahah

    Beijos

  10. Responder

    Tarcila Lima

    14/03/2013

    Gabi, li uma resenha agora pouco sobre este livro e fique bem curiosa. É o tipo de tema que adoro e fico fascinada.
    Um beijo lindona

    Baiana Literal
    tharcilalima.blogspot.com.br

  11. Responder

    Ludmila

    14/03/2013

    Mais uma resenha super positiva desse livro.
    O que só me faz ficar com mais vontade ainda de conhecer logo essa história de prende tanto a gente e que é uma leitura tão diferente…
    Coloquei ele na minha lista de leituras assim que li a primeira resenha e espero que não demore muito para que eu consiga lê-lo.
    Adorei sua resenha, Gabi! Muuuuito boa!
    Beijos

  12. Responder

    DanisohDani

    14/03/2013

    NOssa, já tinha gostado deste livro na sinopse, agora o quero para AGORAAAAA!!! hahahaha

    ótima resenha, Gabi!

    bjinhus!!

  13. Responder

    Vanessa Meiser

    14/03/2013

    Desde que a blogosfera em geral começou a falar deste livro eu já me interessei, não sei se poderei ler em breve, mas com certeza não descarto a possibilidade.

    Beijokss

    Vanessa – Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com/

  14. Responder

    Paul@

    14/03/2013

    Resenha linda. Queria muito ler este livro! *–*

    rocknbooks.wordpress.com

  15. Responder

    Michelle

    14/03/2013

    Thriller é um dos meus estilos favoritos, então “Garota Exemplar” tem tudo para me conquistar. Por outro lado, tenho medo de que a autora tenha ficado muito presa à cartilha de histórias desse tipo e que eu acabe me decepcionando com a falta de inovação. Enfim… ficar com raiva dos personagens neste caso é um bom indício. Vou deixar para o futuro.
    bjo

  16. Responder

    Karine

    14/03/2013

    Sua frase: […] lhe fará refletir por um longo tempo sobre como as pessoas podem mudar de um momento para o outro […], mexeu muito comigo. Porque essa mudança pode tanto ser para a melhor, quanto para a pior e, isso me faz pensar realmente. Eu estava esperando pela resenha desse livro e como todas as outras, gostei muito. A capa infelizmente não chamou muito a minha atenção, mas se o conteúdo é bom, isso é o que importa 🙂 Beijos Gabi…

  17. Responder

    Dud's

    14/03/2013

    oi querida,
    ficou ótima a resenha. Eu não conhecia o livro, mas parece bem diferente mesmo.
    Gostaria de fazer parceria de links contigo, se quiseres, me avisa la no blog 🙂
    boa semana
    ;*

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      17/03/2013

      Oi!
      Estou com pouquíssimo tempo de visitar os blogs parceiros ultimamente, mas se quiser fazer a parceria de links, já coloquei seu banner na minha página (lá tem o link do meu pra você pegar também).
      Beijos!

  18. Responder

    Dinha Vieira

    14/03/2013

    Antes de tudo: RESENHA NOVA, YAY! *-* haha Quando vi o nome do livro, não esperava que tivesse essa sinopse. Eu AMO livros desse gênero e, mais ainda, que envolvem psicológico, acho fascinante! E achei legal a história que gira em torno dos personagens, fiquei com muita muita muita vontade de ler o livro! Ainda mais depois de saber que você recomenda <33 Vou tentar comprá-lo o mais depressa possível! *-* Beijão :*

  19. Responder

    Aline T.K.M.

    14/03/2013

    Em um primeiro momento, confesso que estava bem indiferente em relação a esse lançamento. Mas li algumas resenhas, matérias, e esse aspecto psicológico do livro conquistou minha curiosidade. Fiquei com a impressão de que o enredo tem algo de bastante perturbador e isso me atrai tanto!!!! Não estou com planos de ler o livro, pelo menos não por enquanto, mas quem sabe em um futuro consideravelmente próximo?!

    Bj, Livro Lab

  20. Responder

    Carolina

    15/03/2013

    Lendo resenhas desse livro me arrependi tannto de não ter comprado desde a primeira vez que vi na estante da livraria. Ele chamou a minha atenção de cara, mas acabei deixando para depois e depois e acabei nunca comprando.
    Agora só quero correr de volta pra livraria e comprar de uma vez!

    Beijão

  21. Responder

    Babi Lorentz

    15/03/2013

    Amo livros neste estilo, Gaby! Acho que só não pedi pra Intrínseca ainda porque já havia pedido No Escuro e ainda preciso ler. Mas você falou muito bem, o que me fez ficar mais curiosa e ansiosa pelo livro.
    Beijos.

  22. Responder

    Carla

    15/03/2013

    Já estava com vontade de ler esse livro, depois da sua resenha e recomendação fiquei mais ainda!

    Beijos, Entre Aspas

  23. Responder

    Bruna

    15/03/2013

    Oii Gabi

    nossa, adoreiiii a resenha deste livro! confesso que já estava apaixonada pela capa, que achei simples mas perfeita… agora com a resenha fiquei com aquele sentimento de “preciso ler”!

    megaa bjoo
    ;**

  24. Responder

    Máh

    16/03/2013

    Oiee Gabi =)
    Poxaa, é a primeira vez que vejo o livro e leio a respeito, gostei muito da tua opinião e quero esse livro para mi, quero ficar emocionada com ele.
    beliscões

  25. Responder

    Sofia

    16/03/2013

    Oi Gabi! Ainda não tinha lido comentários a respeito de “Garota Exemplar” e achei até bem interessante, porém não foi uma leitura que me deixou tão curiosa. Sei como é isso de odiar os protagonistas, haha!

    Beijão

  26. Responder

    Lívia Castro

    16/03/2013

    Quero muuuito mesmo ler esse livro, ele parece ser mesmo incrível! Li algumas opiniões sobre ele e todas foram positivas *-*

    Quero muito e já está na minha lista de desejados.
    Beijão!

  27. Responder

    Vivi

    17/03/2013

    Gabi agora veio você me deixar curiosa com este livro… Estou tão dividida… Sinceramente tenho muito receio de me decepcionar com a leitura, afinal todos estão amando, geralmente quando isso acontece acabo esperando demais do livro e me decepciono. Vamos ver o que será de mim rsss.

    Beijocas

  28. Responder

    Luiza

    17/03/2013

    Muito boa a sua resenha Gabi!!!!

    Esse livro não faz muito o meu gênero, mas estou curiosa porque foi com esse livro que a autora desbancou o 50 tons de cinza na lista dos best-sellers do The New York Times!

    Beijos
    Lu

  29. Responder

    Carol

    18/03/2013

    confesso que não consigo ler suspenses, nem mesmo assistir um filme de suspense. fico nervosa e acabo com as minhas unhas! haha
    quem sabe um dia me animo 🙂 acho interessante quando o livro tem outros pontos de vista!

  30. Responder

    Kelry Caroline

    20/03/2013

    O livro é maravilhoso, sou louca para ler (:

  31. Responder

    Gabby

    20/03/2013

    Nossa, agora eu fiquei realmente de ler este livro.
    Essa coisa do inesperado, de um livro conseguir realmente nos prender e surpreender é algo difícil, então só fiquei ainda mais curiosa com esta história.
    Além do mais a capa é realmente linda [smile]

    Beijos [wink]

  32. Responder

    Bia Rodrigues

    20/03/2013

    Hey *-*

    Sabe uma das coisas que mais me chamou a atenção nesse livro desde o inicio? Esse nome meio irônico.
    Essa é a primeira resenha que leio dele e ela só me motivou ainda mais a querer ler o livro, gosto de livros com escritas fluidas.

    Beijos

  33. Responder

    Igor 7hiago

    21/03/2013

    Eu quero esse livro! Desde o lançamento, mas enfim. O melhor numa leitura é quando o autor ele consegue te puxar do mundo real, para dentro das páginas esbranquiçadas! Convenhamos que quando os personagens tem personalidades assim, é difícil adaptarmos a leitura (no meu caso), mas se você diz, que essa personalidade constante faz você devorar o livro, então é um ponto a mais para meu dinheiro ir embora! DAKSOPDKASD!

    Beijos.

  34. Responder

    Brenda Andrade

    23/03/2013

    Ainda não tinha lido a sinopse desse livro,imaginava uma história totalmente diferente ! Olha como a capa engana rs
    Esse gênero não faz muito meu tipo,mas fiquei curiosa,vc falou muito bem do livro.
    beijos

  35. Responder

    Bia Medeiros

    26/03/2013

    Oi Gabi! Gostei muito da sua resenha, e foi até bom pra você porque você está em fase de conclusão de curso e eu acho que pra relaxar um pouco a mente devemos ler algo que esteja fora da nossa faculdade, ler algo por prazer e não porque devemos ler se quisermos concluir o curso haha Li a resenha desse livro no Viagem Literária e tanto você quanto a Nanda, adoraram! Eu fiquei muito curiosa pra ler esse livro e espero lê-lo em breve! Beijão ^^

  36. Responder

    Marcela Portes

    04/04/2013

    Quero ler !!!! Parece bem interessante mesmo !

    ótima resenha ! [wink]

  37. Responder

    susane matosd

    07/04/2013

    Gostei da resenha. Iniciei a ler o livro. De fato a escrita da autora é irreverente. Confesso que gostei mais das partes da Amy, do q o do marido dela. Ela é meio louquinha, e eu achei ele chato.

    • Responder

      Fluffy - Gabriela

      07/04/2013

      As coisas mudam muuuito nessa história, Susane, rsrs. Você vai se surpreender! ˆˆ
      Beijocas!

  38. Responder

    Gisele

    06/06/2013

    Eu estou mega doida para ler este livro! Eu vi ele vendendo no Extra e resolvi olhar a sinopse e fiquei com vontade. Agora lendo sua resenha então… ótimo saber!

  39. Responder

    Lia Palaretti

    18/11/2013

    Amei a resenha! Esse tipo de livro é exatamente o estilo que eu gosto depois do gênero fantástico (Tolkien <3), e a resenha em conjunto com a sinopse do livro dão um ar de quero mais muito agradável! Está já na minha lista de leitura *-*

  40. Responder

    Fernanda

    22/11/2013

    Li esse livro e adorei mais pelo fato de ser bem diferente de tudo que já li. Também tive muita raiva dos personagens principais.. Uma hora odiava um, no capitulo seguinte amava. Adorei essa sensação que o livro me trouxe de realmente me envolver na historia. Quando acabei de ler, fiquei revoltada com o final. Mas depois vi que, como poderia ter outro final além desse ?haha
    Adorei sua resenha, beijos

  41. Responder

    Samile

    03/08/2014

    pensei que só eu tinha ficado com raiva da Amy e do Nick! rs
    Mas é um livro ótimo!

ESCREVA UM COMENTÁRIO