Zíbia Gasparetto – Se abrindo pra vida

resenha do livro Se abrindo pra vida Os livros da Zíbia são de um estilo diferente do que eu normalmente leio, mas gosto de às vezes embarcar em uma leitura diferente. A escritora é médium e este livro foi psicografado por ela, transmitido pelo espírito Lucius. Se você não acredita em reencarnação e que o nosso espírito vive para sempre, você não vai querer ler esse livro. Mas se você tem uma mente aberta a esta possibilidade, assim como eu, talvez goste da leitura. A escrita é leve, fácil e fluente, assim como todos os livros da Zíbia (apesar de eu só ter lido dois até agora, quem já leu mais diz que é assim mesmo, que todos os livros são bem parecidos).

A história deste livro trata de situações que qualquer pessoa pode enfrentar na vida, como desilusão, infelicidade, pobreza, falta de oportunidade. Por isso, o livro começa relatando o cotidiano da vida de uma mulher de 38 anos, Jacinta, que vive com o pai, uma pessoa desanimada com a vida e que não faz nada para melhorar; e a mãe que se diz doente e manda a filha fazer todo o serviço de casa, mas quando é para assistir televisão e ler revistas de fofocas, ela é bem saudável.

A vida é dura para ela que tem na cabeça que, por ser pobre, nasceu sem possibilidades de mudar, de ser alguém importante, de ganhar dinheiro, de ter um amor e todas as coisas mais básicas que todo ser humano espera da vida. Até que um dia ela conhece um professor que dá algumas dicas a ela. Muito devagar, ela segue uma dica: arruma o vestido, que era longo, escuro, sem graça e sem caimento, para ficar mais moldado ao corpo. Apesar de ser uma atitude super simples, fez milagres: as pessoas que antes não reparavam nela, começaram a puxar assunto.

Uma dia, uma amiga em especial começou a almoçar com ela na oficina de costura onde trabalhavam, e essa amizade foi muito importante para Jacira, que nunca tivera uma amiga ou namorado na vida, pois sua mãe não permitia: ela começa a ver as coisas de outro modo, enxergar que a vida pode mudar, só depende da sua força de vontade. Aí elas resolvem partir para um passo mais importante: vão abrir o próprio negócio de moda. Elas têm muita disciplina, muita vontade de vencer na vida.

Jacira também tem dois irmãos que foram embora de casa há uns dez anos e não deram mais notícia, e esse é um dos motivos pelo mau humor da mãe. Nessa história, Jacira precisa aprender a viver mais feliz, precisa fazer os pais terem mais gosto pela vida, descobrir o que aconteceu com os irmãos que foram embora de casa e fazer com que o negócio dê certo. Então, você precisa ler para descobrir o que acontece. 😉

Se abrindo pra Vida
Zíbia Gasparetto
Editora: Vida e Consciência
368 páginas

POSTS RELACIONADOS

11 comentários

  1. Responder

    Bruna

    12/04/2011

    sou evangélica e não acredito nisso de psicografia, coisa e tal… mas isso não me impede de ler o livro né? a história pareceu ser super interessante, então acho que é só meio que esquecer esse pequeno detalhe e deixar a história fluir como se fosse escrita por qualuqer outro autor.
    vou procurar pra ler e ver como é^^

    megaa bjoo
    ;**

  2. Responder

    Luiza C

    12/04/2011

    Nossa, minha vó tava lendo esse livro…. Uma vez vi ela com ele. Ela era espírita e amava essas coisas, depois que ela morreu cheguei até em acreditar mais em espiritismo pq ela morreu exatamente no aniversário de 8 anos de morte do meu avô! É como se ele tivesse vindo buscar ela. Mas a história do livro parece super interessante!

    Luiza,
    Express Coffee

  3. Responder

    Miriam

    12/04/2011

    Oi, Gabriela,

    Já li Zíbia e não me identifiquei com o estilo.

    bjoO*

  4. Responder

    Barbara

    13/04/2011

    Olá, Gabi !
    Bom… eu sou (muito) suspeita em falar sobre os livros da Zibia, pois eu adoro ! [love]
    Esse livro achei muito bom, mas já li outros (dela) que me surpreenderam mais do que esse. Claro que vai muito do seu momento também, pois acredito que nada é por acaso, ou seja, os livros caem nas nossas mãos no momento que precisamos aprender/entender algo. Resumindo ,sempre tiramos, de tudo o que lemos, algum proveito se tivermos “uma mente aberta” (como você disse).
    Eu penso que é muito válido conhecermos assuntos diferentes, pois assim podemos formar opiniões mais concisas.
    Parabéns por apresentar um blog tão ecléctico. Te admiro por isso também…
    [happy]
    Bjus

  5. Responder

    Lari

    13/04/2011

    aah, parece ser bem legal, tirando essas coisas de reencarnação e pá 😐
    Quando você disse que antes de o professor aparecer na vida dela, ela era invisível, isso me lembrou A Hora da Estrela 🙂 parece um pouco pelo que você falou [dead]
    beeijo :*

  6. Responder

    vanessa

    14/04/2011

    Adorei a resenha, parece ser um livro super bacana. Não é muito meu estilo, mas enfim :S UAHSUAHSU

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

  7. Responder

    Bianca Moraes

    14/04/2011

    Haaa! Pede o livro pela Amazooon!! Ele é ótimo!! xD
    Nunca fiz uma receita que deu errado!
    E tem muito mais que barrinha de cereal! Tem vários cupcakes, brownies, cookies daqueles tradicionais, cookies de tudo quanto é jeito!! Ele é ótimo! =D
    Só vai precisar de umas adaptações de veeez em quando… tipo da self raising flour, que é uma farinha com fermento… mas é só ver na internet que eles dão as receitas de como fazer essas farinhas incríveis com a farinha que a gente tem em casa! 😀

    Há! E da Zibia só li um chamado “Tudo valeu a pena”. Me lembro de ter tido uma opinião meio neutra… não ter nem gostado demais e nem achado ruim. Lembro só que meu deeeeus.. que vidas complicadas daqueles personagens!! 😛

    Aaah! Fazemos aniversário pertinhoo! Sou 2 meses 11 dias mais velha que você só! xD

    Beijinhos!

  8. Responder

    Poly

    14/04/2011

    Bem interessante a história do livro. Não sou mto fã de livros espíritas, mas a história desse me pareceu ser boa 🙂
    Bjxxxxxx

  9. Responder

    May

    17/04/2011

    Oii! Adoro os livros da Zibia, e já li vários dela! Minha mãe é espírita e tudo o mais, então tô lendo sempre livros dela e da Monica de Castro. Adorei a estória desse livro, me fez refletir bastante sobre acreditar em mim mesma!
    Super Beijos,
    May

  10. Responder

    Raissa Gatti

    15/04/2013

    Minha amiga estava lendo esse livro ontem, eu apena li uma parte, é achei muito legal, vou atrás desse livro pois fiquei interessada como termina essa história. [love]

  11. Responder

    Thais Marchesi

    02/08/2016

    Oi boa noite, estava procurando a resenha do pequeno príncipe….trabalho de escola do meu menino e, me apaixonei pelo seu blog. Preciso tomar vergonha e ler mais, e por incrível que pareça fui eu dar uma olhadinha na resenha do livro da Zibia e levei um tapa na cara…..no bom sentido é claro. Com certeza a decisão de mudar, está em nós mesmos.

ESCREVA UM COMENTÁRIO