sophia amoruso

Sophia Amoruso

Meu primeiro contato com a história de Sophia Amoruso foi através da série #GIRLBOSS, produzida e veiculada pela Netflix em 2017. A série tem apenas uma temporada, filmada em San Francisco, na Califórnia, e foi um sucesso absoluto. Eu, inclusive, amei. *-*

Para quem não conhece, Sophia Amoruso é uma executiva que começou sua carreira milionária de uma forma bem inusitada. Além de já ser presa, roubar e até catar lixo nas ruas, sua principal atividade era comprar roupas vintage em brechós e revender a preços exorbitantes no eBay. Sua loja se chamava Nasty Gal, e fez o maior sucesso na internet. Anos depois, a loja se tornou física em Los Angeles, e a partir daí só cresceu.

Depois de ver a série, procurei saber mais sobre a história da executiva dona da Nasty Gal, afinal nem tudo o que a Netflix mostrou era inteiramente verdade. Afinal, eles precisavam que a série fosse o mais atrativa possível, e por isso inseriram algumas coisas que, na verdade, não aconteceram bem assim. Então, encontrei seu livro, também chamado de #GIRLBOSS. Ele foi lançado em 2015, e nele Sophia conta sua história real, sem todo o enfeite que a série precisava.

E além de sua história, Sophia também dá várias dicas para quem quer correr atrás de seus sonhos. Pra falar a verdade, este livro não foi dos meus favoritos. Eu gostei muito, mas não ganhou um espaço no meu coração. Sophia relata algumas coisas contraditórias e outras que não concordo muito. Porém, podemos tirar várias citações interessantes e motivadoras dessa leitura. E algumas delas eu separei aqui nesse post. :)


Seu tempo é precioso. Use-o de forma inteligente.

Em vez de passar o meu tempo “tollando” os fóruns, obcecada com o que as outras vendedoras estavam fazendo, eu me concentrava em tornar a minha loja o mais excepcional possível. As minhas clientes reconheciam – estavam dispostas a pagar mais na Nasty Gal Vintage do que em outras lojas.

Cada pequeno detalhe faz a diferença.

[…] ainda que desenvolver um negócio imenso nunca tivesse sido o meu único objetivo, cada pequena escolha que eu fiz no caminho contribuiu para eu estar onde estou agora. Toda vez que eu me levantava de manhã em vez de dizer “dane-se” e voltar a dormir, toda vez que eu gastava alguns minutos a mais na descrição de um produto para que ficasse perfeita, eu estava escolhendo o meu destino e plantando as sementes do meu futuro.

Toda vez que você toma uma boa decisão ou faz algo legal ou cuida de si mesma, toda vez que você vai para o trabalho e trabalha com empenho e dá o seu melhor em tudo que puder fazer, está plantando sementes para uma vida que você só pode esperar que cresça além dos seus sonhos mais extremos. Cuide das coisinhas pequenas – até das coisinhas que você odeia – e as trate como promessas para o seu próprio futuro. Logo você vai ver que o destino favorece os audaciosos que põem a mão na massa.

Veja as coisas sob outra perspectiva.

Se algo não funcionava – tipo quando eu postava um vestido para leilão e ninguém dava lances – eu não fazia apenas supor que ninguém queria esse vestido. Eu simplesmente tentava outra maneira. Reescrevia a descrição do produto ou trocava a thumbnail porque achava que talvez as pessoas não houvessem conseguido avaliar corretamente a silhueta da foto original que eu havia postado. Eu nunca supunha ter feito o melhor trabalho logo de cara.

Você é responsável pelo seu fracasso… ou pelo seu sucesso!

O seu desafio como #GIRLBOSS é mergulhar de cabeça nas coisas sem se apegar demais aos resultados. Quando o seu objetivo é adquirir experiência, perspectiva e conhecimento, o fracasso não é mais uma possibilidade. O fracasso é uma invenção sua.

POSTS RELACIONADOS

ESCREVA UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.