Resenhas de livros

Resenhas de filmes

Lifestyle

Dia Internacional do Yoga: O que eu aprendi com a prática?

Dia Internacional do Yoga: O que eu aprendi com a prática?

Hoje, 21 de junho, é comemorado o Dia Internacional do Yoga.

Eu nunca falei sobre yoga aqui no blog. Porém, como essa prática é muito importante na minha vida, quero começar a abordar esse e outros assuntos relacionados por aqui. O que você acha? :)

Primeiramente, muitos pensam que yoga é só sentar e meditar. Eu mesma não tinha muita ideia do que era Yoga antes de introduzir a prática na minha vida. Yoga é um exercício que une o corpo, a mente e o espírito, fazendo com que estejamos mais conscientes e tenhamos mais conhecimento sobre nós mesmos, nossos pensamentos e ações. A prática do yoga envolve posturas físicas, que chamamos de asanas, aliados com técnicas de respiração, conhecidas como pranayamas e a meditação.

“Em relação aos benefícios que o Yoga traz para uma pessoa, podemos listar efeitos no corpo e na mente. No primeiro âmbito, observa-se melhora da postura corporal, aumento da resistência e da força físicas, maior controle da respiração, alívio de dores no corpo e desenvolvimento de massa magra.

Para a mente, o Yoga reduz o estresse e a ansiedade, promove paz interior, auxilia no processamento de traumas e de problemas, contribui para o equilíbrio emocional, favorece a concentração em atividades cotidianas e traz uma sensação de relaxamento.”
Fonte: Eu sem Fronteiras

Comecei a praticar yoga por volta de 2018. Inicialmente fazia em casa, vendo vídeos e aulas compradas, por medo de não ser “flexível” e “passar vergonha” em uma aula presencial. Um ano depois, já com certo conhecimento das posturas mais básicas, resolvi fazer uma aula em um shala pertinho de casa, pra entender como era praticar com uma instrutora.

Gostei tanto da aula naquela noite, que nunca mais deixei de praticar. Até hoje consigo relembrar a paz e o sossego que senti ao praticar yoga “pela primeira vez”, de forma presencial (lembro certinho qual a meditação e a música do Shavasana, que me emocionaram e ficaram gravadas na minha mente). Finalmente, eu me sentia em casa. Eu tinha encontrado aquele lugarzinho dentro de mim pra onde eu poderia voltar, sempre que quisesse.

Hoje em dia, as pessoas costumam me pedir: “tu sentiu diferença depois que começou a praticar yoga?”. E a resposta é SIM! A diferença não está no corpo definido, não está em viver cem por cento do tempo sem se estressar. A mudança é sutil, acontece de dentro pra fora, e se vê nos pequenos detalhes.

Eu mudei a forma como encaro a vida. Os problemas já não parecem mais tão grandes, consigo controlar melhor as situações e resolver os obstáculos de forma mais calma. Tenho gratidão pela pessoa que eu sou, e pela presença das pessoas que são queridas pra mim. Eu me tornei mais consciente sobre meus próprios atos, sempre buscando melhorar o que não está legal. E, claro, melhorei a flexibilidade! Porque isso também conta, e é super legal! :D

Muitas vezes, o caminho é mais interessante que o destino. Sinto que no yoga não tenho lugar nenhum pra chegar, só novos cenários pra conhecer no caminho. Estou sempre em evolução, sempre querendo aprender, melhorar e evoluir. Este é só o começo, e recomendo pra você, se interessar. <3

5 dicas importantes para cuidar dos cabelos em casa

5 dicas importantes para cuidar dos cabelos em casa

ler artigo
5 acessórios delicados para completar seu look

5 acessórios delicados para completar seu look

ler artigo
O que levar na necessaire para uma viagem à praia

O que levar na necessaire para uma viagem à praia

ler artigo

Comente este post!