Eu tenho várias dezenas de livros favoritos; aquelas histórias emocionantes, que arrancam suspiros, que fazem rir e que me inspiraram de alguma forma. Porém, são poucos os livros que posso dizer, com toda a convicção, que me lembrarei para o resto da vida. Como eu era antes de você é um destes livros. A história de Lou e Will vai estar comigo aonde eu for, me lembrando que o amor é maior que tudo, independente se a pessoa está ao nosso lado ou não, independente da escolha que ela resolveu tomar.


ainda sou eu livro resenha

Ainda sou eu
Como eu era antes de você, #3
Jojo Moyes
Editora Intrínseca, 2018
500 páginas

Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik – Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou. Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?

Se você não leu o livro Como eu era antes de você, essa resenha conterá spoilers!

Depois de Como eu era antes de você (que me fez ler madrugada adentro com lágrimas nos olhos), a autora deu continuação à história e escreveu Depois de você. Provavelmente a expectativa me fez mergulhar fundo demais nesse segundo livro, que foi um pouco decepcionante, tendo em mente a história incrível do primeiro livro. Mas não posso culpar a Jojo Moyes. Afinal, ela nos entregou um primeiro romance espetacular!

Aí surge o terceiro e último livro que conta a história de Louisa Clark, intitulado Ainda sou eu. Com base na na última experiência, desta vez fui com menos expectativa à história, e não é que me surpreendi? Me vi virando página após página, ficando com dor no corpo de tanto permanecer na mesma posição, devorando capítulo atrás de capítulo, sem conseguir parar! Louisa deu uma volta enorme na vida e, de sua cidade em Londres, ela foi parar na maior metrópole do mundo, Nova York!

ainda sou eu livro

Resenha: Ainda sou eu

Depois de toda a depressão após a morte de Will, Lou começa a reconstruir sua vida. Agora ela tem um namorado paramédico, um emprego que ama em Nova York e sua vida parece estar finalmente entrando nos eixos. Ela estava fazendo exatamente o que Will dissera para fazer: aproveitar as oportunidades, dizer sim às coisas e ser feliz! A cidade era perfeita pra isso, e Lou mal podia esperar para conhecer tudo o que ela tinha a oferecer!

Seu chefe era um homem muito, mas muito rico, e sua tarefa era ser a assistente pessoal de sua mulher, Agnes Gopnik, o que parecia ser uma tarefa relativamente tranquila. Mas ela nunca imaginou que a sua rotina seria tão envolta à família, e muito menos que Agnes tivesse segredos tão grandes que colocariam à prova a sua permanência no emprego.

Ao mesmo tempo em que Lou via seu namoro com Sam andar na corda bamba, ela mesma encontrava alguém, na grande Big Apple, que lhe fazia lembrar Will. E assim, de um momento para o outro, a vida de Lou mais uma vez estava de ponta cabeça, transformada em uma bagunça emocional que nem mesmo as cartas de Will eram capazes de resolver. Afinal de contas, quem é Louisa Clark?

ainda sou eu livro

Lou está finalmente mais forte e mais independente neste livro, e gostei muito disso! *-* Uma das coisas que eu não havia gostado no livro anterior era como ela estava vulnerável, fraca e depressiva. É claro, tinha um motivo para ela se estar daquela forma, mas eu sentia falta da Lou brincalhona, que tentava cuidar da vida de todo mundo e que usava suas meias de abelhinhas sem se preocupar com o que os outros iriam pensar. E esse livro foi exatamente isso: um mescla da Lou incrível que conhecemos e aprendemos a amar, com uma Lou que enfrenta mais batalhas e aprende a passar por isso e ser uma mulher mais forte.

Além disso, a narrativa é exatamente o que esperamos de um livro da Jojo: fantástica! A gente se sente leve, a leitura flui com uma velocidade incrível e queremos mais e mais. Além disso, a autora guarda os segredos, revelando-nos apenas no momento certo, às vezes só nas últimas páginas. Bate aqueeeeela ansiedade, mas tudo por um bom motivo – ou por uma boa surpresa. :D

Nem preciso dizer quanto vou sentir saudades dessa personagem. Louisa Clark nos ensinou a ser quem somos, a não dar ouvidos ao que os outros falam, a sempre enxergar o lado bom das coisas. Lou é engraçada, irônica, um pouco destrambelhada e alguém completamente normal, com sentimentos, dores e perdas, como qualquer um de nós. Apesar de ser apenas uma personagem em um romance, Louisa Clark marcou a minha vida. Sentirei saudades das meias de abelhinhas e da alegria extrovertida da personagem que roubou tantos corações.

E somente para deixar claro, eu recomendo esta trilogia sem sombra de dúvidas. Mesmo que o segundo livro não tenha atendido por completo as minhas expectativas, ele ainda assim valeu a pena, se não pela história em si, pelo menos pra me levar a este terceiro e último livro que, aí sim, vale cada minuto de leitura.

POSTS RELACIONADOS

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.