Este pequenino livro, com pouco mais de cem páginas, mexeu profundamente comigo. Essa história, que parece tão simples, possui um aprendizado grande, profundo e muito precioso. Quem nunca sentiu-se preso a uma armadura invisível? Quem nunca desejou libertar-se daquilo que o prendia, mesmo sem saber exatamente o que era?


O cavaleiro preso na armadura

O Cavaleiro Preso na Armadura
Robert Fisher
Editora Record, 2006
110 páginas

O cavaleiro que protagoniza esta fábula vive em busca do seu verdadeiro eu. mas não encontra as verdades que procura por estar sempre preso em sua armadura pronto para guerrear. A história funciona como uma orientação para adultos e jovens que acabam se distanciando dos amigos e da família. seja por estabelecerem outras prioridades. ou simplesmente por não saberem como demonstrar carinho.

De uns meses pra cá, tenho dado muito mais atenção a livros que agregam algo à minha vida. Ainda gosto muito de ficção e acho que eles são necessários para nos permitirmos, de vez em quando, sair da “vida real” e navegar por outros mares. Porém, nunca antes tinha dado tanto crédito a livros de desenvolvimento pessoal, que trazem ensinamentos pra vida.

O cavaleiro preso na armadura

O cavaleiro preso na armadura

O Cavaleiro Preso na Armadura conta exatamente essa história: um cavaleiro que está preso em sua própria armadura. Mas o que isso tem de tão especial? Acontece que este cavaleiro, de quem não sabemos o nome, está preso não apenas à sua bela e brilhante armadura, mas também a crenças limitantes e medos pessoais que o tornaram uma pessoa que ele, definitivamente, não planejou ser.

Porém, essas crenças e ideais não muito bons estavam tão arraigados dentro dele, que o cavaleiro simplesmente não entendia – ou não sabia – que havia algo de “errado” com a forma como tratava os outros. Não enxergava que deixava sua esposa de lado, que não dava atenção ao seu filho e que não dava valor às coisas mais belas da vida – como um beijo, que ele não sentia há tanto tempo e já não recordava mais. x(

Então, o cavaleiro precisa percorrer uma trilha muito estreita e sinuosa em direção ao seu verdadeiro eu, para entender quem ele realmente é. Precisará compreender seus sentimentos e os sentimentos das pessoas que o rodeiam, livrar-se doa maus hábitos que o faziam uma pessoa fria e metódica, reconhecer fraquezas e medos, entre outras crenças que cresceram com ele no decorrer do tempo, e que se tornaram parte de seu corpo – e de sua armadura.

O cavaleiro preso na armadura

“[…] Os animais aceitam e os seres humanos têm expectativas. Você nunca ouvirá um coelho dizer ‘Espero que o sol apareça de manhã para eu poder ir até o lago brincar’. Se o sol não aparecer, isso não estragará o dia do coelho. Ele simplesmente é feliz sendo um coelho.”

É preciso livrar-se das amarras emocionais para encontrar sua essência. É necessário enxergar as coisas com olhos de amor, aceitar a vida como ela é, ao invés de criar expectativa em cima de expectativa. Este é o caminho que todos devíamos seguir, para entender o que nos faz verdadeiramente feliz.

“A maioria de nós está aprisionada no interior de uma armadura.”

Recomendo fortemente essa leitura. É rápida de ler e está cheia de ensinamentos profundos, que todos os corações mais humildes poderão absorver. <3

Powered by Rock Convert

POSTS RELACIONADOS

ESCREVA UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.