Resenhas de livros

Resenhas de filmes

Lifestyle

Um curta pra emocionar: Piper – Descobrindo o mundo

Um curta pra emocionar: Piper – Descobrindo o mundo

Piper: Descobrindo o Mundo foi um curta-metragem que descobrimos noite dessas, navegando pelo app Telecine Play. O curta foi vencedor do Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação em 2016, e não é por nada: além de ser lindo demais, ainda traz uma incrível mensagem de superação.

Piper

Descobrindo o mundo

Gênero:
Animação

Duração:
6 minutos

Ano de lançamento:
2016

Nacionalidade:
EUA
A história de um pequeno pássaro que vive próximo à praia e se aventura pela primeira vez a sair do seu ninho e ir atrás de comida. Uma perspectiva delicada da vida humana sob o olhar do pequenino animal.

O pequeno passarinho Piper era muito medroso: tinha medo de sair de seu ninho, e seu desejo era que sua mãe lhe trouxesse comida. Ele não queria caçar suas próprias refeições, tinha medo do que poderia lhe acontecer. E isso só piorou quando ele resolveu se aventurar na orla da praia e foi pego por uma onda gigante.

Imagina você, que resolve desafiar seus medos e acaba levando um grande tombo? Quem nunca passou por isso? Desanima, não é? Pois Piper ficou inconsolável em seu ninho, não queria sair por nada. Mas a sua fome estava grande, e ele precisava dar um jeito nisso.

piper
piper

Piper é uma pequena história mas com um significado muito grande. Aliás, não um: DOIS! Pra mim, essa história traduz de forma simples, direta e muito sincera o que quer dizer ter coragem para enfrentar enormes desafios e superar os medos, e sair da zona de conforto para fazer as coisas de forma diferente. É preciso ser forte para tomar decisões, para dar o primeiro passo.

Às vezes, fazer as coisas da mesma forma que os outros não quer dizer que você terá sucesso. Fazer diferente e pensar de forma diferente pode te levar muito além. Sair da zona de conforto e aventurar-se por caminhos diferentes pode ser a onda que transformará toda a sua vida. Afinal, só porque todos dizem que determinada forma é certa, isso não quer dizer que não existam outras… que podem ser ainda melhores. Depende de cada um aventurar-se para descobrir. ;)

Resenha da série: Cidade Invisível, temporada 1

Resenha da série: Cidade Invisível, temporada 1

ler artigo
Resenha da série: Emily in Paris

Resenha da série: Emily in Paris

ler artigo
5 séries que marcaram meu 2020

5 séries que marcaram meu 2020

ler artigo

Comente este post!