O beijo é o quarto livro da série Bruxos e Bruxas, escrito por James Patterson e publicado no Brasil pela editora Novo Conceito. Por enquanto, este é o último livro da série lançado por aqui, mas não é o último que o autor dedicou a esta série. The Lost é o nome do quinto livro, ainda sem previsão de lançamento no Brasil.


O beijo
Série Bruxos e Bruxas, livro 4
James Patterson
Editora Novo Conceito, 2014
304 páginas

No quarto livro da série Bruxos e Bruxas, Whit e Wisty, agora membros do Conselho, estão tentando reconstruir a cidade depois de derrotar O Único Que É O Único, o vilão mais malvado do mundo. Quando tudo parece correr bem, surge uma nova ameaça, personificada na figura do cruel Rei da Montanha. Ele é um mago indestrutível, que deseja a todo custo dominar a cidade. Sem água e prestes a ficar sem alimentos, a população conta com os irmãos Allgood para sobreviver.

A aventura e o suspense fazem o leitor prender a respiração a cada vez que um capítulo termina. Mas, com um título como esse, não poderia faltar romance no novo livro de James Patterson… Wisty está encantada pelo jovem Heath, que compreende tão bem os seus dilemas, pois afinal, ele também é um bruxo. Talvez Wisty possa se unir a Heath na guerra contra o Rei da Montanha. Mas o que será que Whit acha disso?

Durante os três livros anteriores da saga, os leitores acompanharam os irmãos bruxos Whit e Wisty Allgood enquanto tentaram, contra todas as probabilidades, combater o mal que se instalou na cidade. Acontece que o povo elegeu um novo governo, chamado de “A Nova Ordem”, e com ele o homem que conhecemos apenas como O Único Que É O Único. Todas as esperanças de um mundo melhor terminaram quando a população descobriu que, de fato, O Único não fez exatamente o que prometeu. A cidade se viu em meio ao caos, com soldados nas ruas, pessoas morrendo de doenças horríveis, muita fome e medo. Era, literalmente, o fim do mundo – e se não era isso, certamente ele estava bem próximo, se não fosse pelos irmãos, que salvaram a cidade contra as atrocidades.


Leia as resenhas dos livros anteriores:

  • 1. Bruxos e Bruxas
  • 2. O Dom
  • 3. O Fogo

  • Em O Beijo, nos deparamos com outros tipos de perigo. Quando a cidade achou que estava finalmente livre do mal de governantes corruptos e maldosos, este livro vem para comprovar que, mais uma vez, existe uma pessoa com sede de poder. E, mais uma vez, essa pessoa vai querer o poder e a mágica dos irmãos para si, de modo a usar para propósitos nada bons. Agora, a força dos Allgood será indispensável e, mais do que nunca, primordial para salvar o mundo de uma nova guerra.

    A narração segue a linha do livro anterior: tudo muito morno, sem grandes momentos arrebatadores. Além dos capítulos alternados entre Whit e Wisty, temos novos capítulos em terceira pessoa que abordam a personagem Pearl Marie Neederman, que apareceu no terceiro livro e volta para dar a visão de outro ângulo da história, bem longe dos bruxos. Essa dinâmica de narrativa é o ponto forte da leitura.

    resenha bruxos e bruxas livro 4 o beijo

    E assim como nos livros anteriores, continuo achando que os personagens deveriam crescer e se tornar mais adultos, mas isso ainda não aconteceu. Mesmo com grandes responsabilidades nas costas, eles ainda são cabeça dura, não ouvem uns aos outros e agem como crianças. Admito que isso me irritou várias vezes, em especial a Wisty, que ficou um pouco mais chata enquanto estava apaixonada. Por que sim, dessa vez é a heroína que encontra a sua cara metade – ou é o que ela acha. Fato é que o “beijo” do título não é uma escolha casual, tem um fundo de história nisso tudo.

    resenha bruxos e bruxas livro 4 o beijo

    Este não é um livro que vai te arrancar o fôlego, mas melhorou em comparação com o anterior, por abordar outros personagens e outras tramas mais intrincadas – e, admito, por guardar na manga alguns segredos que foram revelados no momento certo. Porém, ainda assim, não me sinto convencida com essa história, pois tudo é muito superficial, e os personagens não parecem reais na minha cabeça. Faz sentido?

    Enfim, não é uma história incrível, mas é rápida de ler e, se você é fã de fantasia, vai encontrar um prato cheio nessa série.

    POSTS RELACIONADOS

    ESCREVA UM COMENTÁRIO