O Fogo é o terceiro livro da série chamada Bruxos e Bruxas, escrito por James Patterson e, neste volume, também por Jill Dembowski. O primeiro, intitulado simplesmente de Bruxos e Bruxas, dava introdução a uma história distópica diferente, mas não por isso tão incrível quanto eu e muitos leitores imaginávamos (mas muito rápida de ler, isso sim!). O segundo livro fortaleceu a trama, e digamos que piorou um pouco a situação dos personagens; talvez por esse motivo ele tenha sido um pouco mais cansativo de ler. Neste terceiro e, até então, penúltimo livro, presenciamos o final de um dos grandes momentos da época retratada. Infelizmente, este é, até então, o pior dos três para mim. Se você está perdido, espera que eu já explico.


james patterson o fogo

O fogo
Série Bruxos e Bruxas, livro 3
James Patterson, Jill Dembowski
Editora Novo Conceito, 2014
272 páginas

Whit e Wisty Allgood sacrificaram tudo para liderar a Resistência contra o regime sanguinário que governa o mundo. O líder supremo, O Único Que É O Único, baniu tudo o que havia de bom: livros, música, arte e imaginação. Mas o poder dos dois irmãos parece estar longe de conseguir deter O Único, e agora ele executou a única família que eles tinham.

Wisty sabe que o momento se aproxima. Em breve ela estará cara a cara com O Único. A sua bravura e o seu dom canalizam ainda mais poder para esse ser, que já é invencível. De que maneira ela e Whit poderão se preparar para o confronto iminente com o implacável vilão que devastou o seu mundo – antes de ele se tornar verdadeiramente onipotente?

No impressionante terceiro livro da série Bruxos e Bruxas, a tensão está maior do que nunca – e as consequências mudarão tudo.

Nessa série, conhecemos a história de dois irmãos, Whit e Wisty Allgood, que se descobriram bruxos em uma época em que tudo mudava. A população elegeu o regime da Nova Ordem para governar o mundo, certos de que eles iriam organizar o caos, mas o que fizeram? É claro que pioraram tudo em uma escala gigantesca. O líder desse regime, chamado apenas de O Único Que É O Único, é um cara sem escrúpulos e que não mede esforços para conseguir, digamos assim, ser Deus. Ele tem muito poder, e as Profecias dizem que somente dois irmãos serão capazes de salvar o mundo desse cenário que parece o fim dos tempos. Quem são os caras da Profecia? Os nossos bruxos Whit e Wisty, é claro! 😀

Assim como toda história distópica, há grupos de Resistência, pessoas que se ajudam, e montoeiras de soldados malévolos caminhando soltos por aí. Pra compensar, a maioria deles ainda possui poderes. Que tipo? Ah, eles podem derreter o seu rosto, por exemplo! Nessa história de James Patterson, acompanhamos os personagens até o inferno, literalmente. A Terra das Sombras é o lugar para onde vão as almas que morreram e precisam cruzar para o outro lado. Mas, para você ter ideia da confusão, o poder dO Único chegou até ali, e o fim dos tempos parece estar próximo. Com ganância, arrogância e muita maldade, só falta uma coisa para O Único ser invencível: o poder de Whisty, a capacidade de lidar com o fogo.

resenha bruxos e bruxas livro 3 o fogo

Os pontos positivos dessa série de James Patterson são: rapidez na leitura, capítulos curtos e só. O resto eu não chamaria exatamente de pontos negativos, mas são neutros. Os personagens, que já me cativaram mais, me irritaram neste terceiro livro. Whit e Wisty, dois magos das Profecias com capacidade para salvar a humanidade do fim do mundo deveriam, no mínimo, agir como pessoas mais adultas. Mas as atitudes deles deixa muitas vezes por desejar, e eles se enfiam em problemas aonde não era preciso. Ou seja, eles procuram problemas, como se já não tivessem o bastante.

O desenrolar ficou bem confuso pra mim, e acho que, tirando todas as partes que não fizeram diferença para a trama, daria pra ser um livro com a metade desse tamanho. Entendo que o autor quis mostrar tudo o que aconteceu, mas todos os momentos não ficaram bem juntos, não senti como se fossem um quebra-cabeças se juntando, como uma história deveria ser. Momentos dispersos, atitudes impensadas e ações mal explicadas me deixaram bem desanimada com esse livro.

resenha bruxos e bruxas livro 3 o fogo

O ponto forte é o geralzão da história, só se você deixar passar os momentos estranhos e souber aproveitar essa aventura cheia de seres diferentes, cenários horrendos e momentos tensos. Porque a história é boa, não posso negar, mas o fato é que eu precisei ignorar várias coisas pra aproveitar e curtir a leitura.


POSTS RELACIONADOS

2 comentários

  1. Responder

    Charles

    Janeiro 21, 2018

    Desconheço essa série de livros. Em qual período histórico ela se passa?

    Bonito blog, aliás. Há algo sobre livros de poesia nele?

    • Responder

      Gabi Orlandin

      Janeiro 21, 2018

      Olá, Charles!
      Agradeço o elogio 🙂
      A história é distopia, acredito que se passa em um período futuro, mas o autor não especifica qual ano ou época. E não fiz nenhum conteúdo sobre livros de poesia aqui no blog, infelizmente.
      Obrigada pelo comentário!
      Boa semana.

ESCREVA UM COMENTÁRIO