Ah, Nicholas Sparks… Sempre um grande romance pra aquecer o coração! São romances clichê, sim, e talvez por isso eu não recomendaria ler seus livros em maratona. Porém, são sempre ótimas escolhas pra ler de vez em quando, em meio a outras leituras e outros temas. Suas histórias sempre me deixam inspirada e suspirando alto por vários dias… Principalmente quando, como no caso de O Casamento, ele traz de volta personagens tão queridos de de um dos meus livros preferidos de todos os tempos.


O casamento nicholas sparks

O casamento
Diários de uma paixão #2
Nicholas Sparks
Editora Arqueiro, 2012
223 páginas

Após quase 30 anos de casamento, Wilson Lewis é obrigado a encarar uma dolorosa verdade: sua esposa, Jane, parece ter deixado de amá-lo, e ele é o único culpado disso.

Viciado em trabalho, Wilson costumava passar mais tempo no escritório do que com a família. Além disso, nunca conseguiu ser romântico como o sogro era com a própria mulher. A história de amor dos pais de Jane, contada em Diário de uma paixão, sempre foi um exemplo para os filhos de como um casamento deveria ser.

Diante da incapacidade do marido de expressar suas emoções, Jane começa a duvidar de que tenha feito a escolha certa ao se casar com ele. Wilson, porém, sente que seu amor pela esposa só cresceu ao longo dos anos. Agora que seu relacionamento está ameaçado, ele vai fazer o que for necessário para se tornar o homem que Jane sempre desejou que ele fosse.

O Casamento é contado a partir da perspectiva de Wilson, que é casado há trinta anos com Jane, mas vê seu casamento murchar e andar por maus caminhos há algum tempo. Ele não sabe como tudo chegou a esse ponto, mas sabe muito bem a causa disso: ele mesmo e suas más escolhas e atitudes ao longo dessas três décadas. Dedicado ao trabalho e disposto a dar a melhor vida à esposa e aos três filhos, ele mal teve tempo para ficar com quem mais importava em sua vida: a sua própria família.

Agora com a partida dos filhos, com a casa vazia e silenciosa, Wilson e Jane se tratam como estranhos. As conversas são engessadas, não existe mais clima entre o casal, e ele sente que, se não fizer algo para reconquistar o amor de sua mulher, seu casamento poderá estar por um fio de acabar.

Jane é – ninguém mais, ninguém menos – do que filha de Noah Calhoun e Allie Hamilton, o casal que conquistou o mundo no livro e nas telas de O Diário de uma Paixão (também conhecido como o meu livro favorito de todos os tempos). *-* Allie faleceu há algum tempo devido ao Alzheimer, mas Noah ainda vive no asilo de Creekside, onde o casal decidiu passar os últimos anos de suas vidas.

Noah aparece muito neste livro, tanto para dar conselhos a Wilson, seu genro, quanto para ensinar nós, leitores, que o amor nunca morre. E mais do que isso: as piadas de Noah são sempre muito bem vindas! Eu adorei todos os personagens da história, mas não posso esconder o fato de que Noah pincelou esse romance com seu charme todo especial. :) Com quase 90 anos, nosso romântico incurável ainda adora pregar peças nos outros, e essas gracinhas foram meu momento especial com este livro. Além disso, sua fé inabalável e seu amor (que não enxerga limites entre a vida e a morte) são realmente emocionantes. Eu sentia falta desses personagens, e foi muito bom reeencontrá-los!

Para quem é fã de Noah e Allie, este livro é uma leitura obrigatória, e será um prato cheio de boas recordações. Para quem não leu ou não se tocou tanto assim pela história do casal, não tem problema: O Casamento está recheado de momentos emocionantes, surpresas incríveis (!!!) e reviravoltas inesperadas (sim, este livro tem clichês, mas também tem uma reviravolta inacreditável!). Se eu recomendo? Eu leria de novo! :D

Powered by Rock Convert
01.04.2019

POSTS RELACIONADOS

2 respostas

  1. Igor

    09.04.2019

    Uma coisa chata é que já assisti vários filme do autor, como Diário de uma paixão, A última música e Querido John mas ainda não li nada dele :(, mas vou resolver isso. Amei os filmes, são tão “aww”, admito. Gostaria de um livro dele pra me iniciar, qual você recomenda Gabi?

    • Gabi Orlandin

      19.04.2019

      Oi Igor! Eu comecei com Diários de uma Paixão e até hoje amo a história, é um dos meus favoritos. Depois dá pra engatar na leitura desse, que é praticamente uma continuação. :)

ESCREVA UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.