O Projeto Rosie é um livro que estava na minha estante desde 2014, e resolvi que seria a sua vez nas férias de 2018/2019. Li em apenas dois dias, e me diverti tanto que pensei: preciso escrever uma resenha! Então aqui está! :D


O Projeto Rosie

O Projeto Rosie
Graeme Simsion
Editora Record, 2013
320 páginas

Para se ter a vida de Don Tillman, não é preciso muito esforço. Às terças-feiras come-se lagosta com salada de wasabi (seguindo um roteiro com refeições padronizadas que evitam o desperdício de ingredientes e de tempo no preparo); todos os compromissos são executados de acordo com o cronograma – alguns minutos reservados para a prática do aikido e do caratê antes de dormir; uma hora para limpar o banheiro; três dias da semana reservados para suas idas à feira – e se, apesar dessa programação, algum desagradável contratempo surgir em sua rotina, não há nada que não possa ser solucionado com meia hora de pesquisa científica.

Exceto as mulheres.

Até o momento, a única coisa não esclarecida pelos estudos no campo de atuação de Don, a genética, é o motivo para sua incapacidade de arrumar uma esposa. Uma namorada ao menos? Ou até mesmo uma amiga para somar ao seleto grupo de amigos de Don, formado por Gene, também professor na universidade, e a mulher dele, Claudia, psicóloga e esposa muito compreensiva.

Para solucionar esse problema do modo mais eficaz, Don desenvolve o Projeto Esposa, um questionário meticuloso que irá ajudá-lo a filtrar candidatas inadequadas a seu estilo de vida: fumantes JAMAIS, e mulheres que se atrasam por mais de cinco minutos ou que usam muita maquiagem estão fora dos critérios pouco flexíveis que o levarão à mulher ideal.

O único problema é que um questionário desse tipo exige tempo e dedicação, duas coisas que começaram a diminuir exponencialmente no cotidiano de Don desde que ele conheceu Rosie: fumante, vegetariana e incapaz de chegar na hora marcada. Ou esse era o único problema até Rosie entrar na vida de Don e – despretensiosamente, uma vez que ela nunca se candidatou ao Projeto Esposa – mostrá-lo que a mulher ideal não existe, mas o amor, sim.

Vamos começar de fora pra dentro: a primeira coisa que chama a atenção é a capa. Que belo trabalho fizeram com esse livro! Tem tudo a ver com a história e realmente está lindíssima. Acho que é uma das capas mais bonitas da minha estante. Internamente o projeto de diagramação é simples, mas bem feito e tudo a ver com a editora: sem nenhum erro, impecável. E agora a história.

Don Tillman é um cientista genético de 39 anos que dá aulas em uma universidade renomada, e definitivamente não é igual a todo mundo. Ele tem rotinas programadas, come lagosta toda terça-feira e precisa estar nos compromissos sempre na hora exata – atrasado é inaceitável, adiantado é uma perda de tempo precioso. Don gosta de ter tudo sob controle, por isso faz sempre as mesmas coisas, nos mesmos horários, e tem tudo anotado em sua programação – até mesmo os horários para almoço e tempos rigorosos de sono. Ah! E não venha com conversa fiada com ele – ele não é nada social!

o projeto rosie

Don já tentou encontrar-se com mulheres, mas tudo acabou em desastre. Por isso, desistiu de tentar encontrar uma parceira. Apesar da estatística dizer que todos possuem uma cara metade no mundo, a tarefa de encontrá-la, segundo Don, ocupa um tempo precioso demais, e por isso não vale a pena nem começar. Mas depois de um insight, Don elaborou algo fantástico: um (longo) questionário para que as candidatas a parceiras possam preencher, e somente as que obtiverem nota satisfatória serão classificadas para um encontro. Ele chamou isso de Projeto Esposa. As perguntas variavam desde fumante, sabor de sorvete preferido, IMC, até o uso de maquiagens e bijuteria. Era de se esperar que todas as candidatas que responderam fossem inadequadas como parceira.

Até que, um dia, Rosie apareceu em sua sala e Don convidou-a para jantar, conforme ele tinha ensaiado. A mulher parecia completamente inadequada, e ele já sabia que tudo ia acabar em desastre. Mas foi a partir desse encontro em sua sala que a vida de Don começou a mudar – colocando perigo em sua rotina diária meticulosamente programada. E agora não vou revelar mais nada, porque o que acontece após isso é uma surpresa atrás da outra!

o projeto rosie

Quanta diversão ao ler esse livro! Ao terminar a leitura de O Projeto Rosie, eu tive certeza que ele tinha sido muito bem planejado para que tudo se encaixasse. Senti os quebra-cabeças se montarem no final (que sensação agradável!). É incrível ver a evolução de Don no decorrer da história, e como ele pôde enxergar algumas coisas de forma diferente a partir de sua narração em primeira pessoa.

Don é um personagem fantástico que nos ensina que não precisamos ser “normais” para nos encaixar. Afinal, o que é ser normal e o que é ser diferente? E Rosie é aquele oposto (completamente oposto) que poderia completar todas as “falhas” de Don. Dizem que opostos se atraem, não é? Acho que os opostos às vezes se completam.

Recomendo esse livro a todos que gostam de uma leitura leve, agradável, como para se fazer nas férias ou num final de semana. Tenho certeza que você viverá ótimas aventuras com Don e Rosie, e todos os Projetos que surgirem pelo caminho.

Powered by Rock Convert

POSTS RELACIONADOS

1 resposta

  1. Lidiane Andrade

    17.07.2019

    Que livro lindo, tanto a capa quanto a história! Estou procurando um livro leve para ler mesmo e esse parece muito bom.

    Beijos
    Página da Leitura

ESCREVA UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.