Resenhas de livros

Resenhas de filmes

Lifestyle

Resenha do filme: A última carta de amor

A última carta de amor é um filme baseado no livro da Jojo Moyes, publicado aqui no Brasil em 2012. Foi uma das minhas leituras favoritas, e falei sobre ele aqui no blog no mesmo ano. Portanto, quando vi que o longa estava disponível na Netflix, quis assistir o quanto antes. Vamos conhecer a história?

A última carta de amor

Título original:
The Last Letter From Your Lover

Direção:
Augustine Frizzell

Lançamento:
24 de julho de 2021

Elenco principal:
Shailene Woodley, Felicity Jones, Joe Alwyn, Callum Turner

Gênero:
Drama, Romance

Duração:
1h 49min

Nacionalidade:
EUA

Serviço de streaming:
Netflix
A Última Carta de Amor acompanha entre o passado e o presente, a jovem Jennifer Stirling (Shailene Woodley) após acordar sem memória, nos anos 60 em Londres. Com isso, ela descobre que escreveu várias cartas de amor para um amante chamado Anthony O’Hare (Callum Turner), com o qual estava disposta a arriscar seu casamento. Quarenta anos depois, a jornalista Ellie Haworth (Felicity Jones) encontra as mesmas correspondências e decide investigar o que aconteceu no passado, enquanto tenta lidar com os problemas de seu próprio relacionamento.

A história é uma adaptação do romance homônimo de Jojo Moyes, A Última Carta de Amor. Ela narra a história da jornalista Ellie Haworth que, enquanto busca arquivos antigos para uma reportagem, acaba deparando-se com uma carta antiga endereçada a J., assinada simplesmente por Boot.

De espírito curioso (como toda jornalista, presumo), ela busca mais informações e descobre um amor proibido há quatro décadas vivido entre os jovens Jennifer Stirling e Anthony O’Hare. Ela não sabe quem foram essas pessoas, mas aprofunda-se cada vez mais na história do casal para descobrir mais. E, por um acaso do destino (ou não), enquanto toma conhecimento da correspondência dos dois amantes, Ellie reflete sobre sua própria vida amorosa.

Shailene Woodley em um figurino impecável de época.
A jornalista Ellie Haworth começa sua busca por mais cartas de amor anônimas.

Jojo Moyes é uma das autoras preferidas quando o assunto é romance, e uma das mais conhecidas da literatura internacional. Após o sucesso de Como eu era antes de você, A última carta de amor não deixa nada a desejar aos amantes do gênero de romance – tanto nos livros quanto nos filmes.

O longa tem figurinos de tirar o fôlego e paisagens deslumbrantes da época dos dois amantes. Shailene Woodley (de A culpa é das estrelas), que interpreta a jovem Jennifer, está impecável em seu papel, com penteados e roupas incríveis, que demonstram o status que ela possuía na sua época.

Apesar dos vários vaivém que podem deixar a trama confusa, acredito que o filme soube ser fiel à história criada por Jojo Moyes, e explorou o potencial dela, acrescentando detalhes modernos à trama vivida pela jornalista nos dias atuais.

Jennifer Stirling e Anthony O’Hare.

De forma geral, A última carta de amor se tornou um dos meus filmes favoritos por tratar o amor de forma tão delicada e singela – que pode sobreviver ao tempo e aos vários percalços da vida.

Essa resenha foi uma sugestão da mybest Brasil, que reúne dicas e recomendações de variados segmentos. Você pode acessar a minha indicação de A Última Carta de Amor clicando aqui.

Resenha da série: Cidade Invisível, temporada 1

Resenha da série: Cidade Invisível, temporada 1

ler artigo
Resenha da série: Emily in Paris

Resenha da série: Emily in Paris

ler artigo
5 séries que marcaram meu 2020

5 séries que marcaram meu 2020

ler artigo

Comente este post!